Blog Esalqueanos

Horta urbana em Maringá/PR - Sustentabilidade que pode ser replicada (Mauá/Camarão; F76)

25/08/2023 - Por orlando lisboa de almeida
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

720 views 6 Gostei 7 Não gostei

 Em Maringá PR onde atuei como Engenheiro Agrônomo por dez anos, tem a UEM Universidade Estadual de Maringá. Dentre outros cursos, tem o curso de Engenharia Agronômica. Tenho N amigos que são professores do curso e N amigos que lá se graduaram há décadas. O município conta com córregos na zona urbana e há pequenas faixas de mata ciliar como manda a lei. Preservar essas áreas é sempre complicado porque um ou outro acaba jogando lixo na beira da mata e vez por outra ocorre incêndio que destroi a mata e a fauna local. Por estas e outras, uma das soluções, foi a criação de hortas comunitárias em parte dessas áreas (e também debaixo de linhões de alta tensão) para que assim os moradores da vizinhança "adotem" essas áreas e ajudem a cuidar delas. Visitei uma horta e o que eu vi foi fantástico também pelos depoimentos que ouvi dos moradores. Havia no entorno, pessoas idosas que tem alguma habilidade e gosto por cultivar horta e passaram a ter um ou dois canteiros para cuidar. O que lá se produz fica para autoconsumo e se sobrar, pode compartilhar e mesmo comercializar na vizinhança que vem buscar a verdura ou legume fresquinho. Daí vem o lado da sociabilização de quem antes ficava preso dentro de casa, pregado no sofá e na TV. Passa a se movimentar, interagir com a vizinhança, quebrar a rotina ao ponto de alguns terem conseguido uma qualidade de vida muito melhor e podendo dispensar o uso de certos medicamentos que eram para a fase sedentária. Agora, na nova viva, mais saúde, mais integração e alimentação melhor com a vantagem de poder até ganhar uns troquinhos. E se sentir um agente ambiental por ajudarem a cuidar da mata ciliar perto de casa.

PUBLIQUE NO BLOG!